Você já conhece o FormSpring.me?

É uma nova ferramenta web que possibilita que pessoas do mundo inteiro possam te fazer perguntas, anônimas ou não. Você responde as perguntas que quiser e suas respostas ficam disponíveis pro mundo inteiro também!

Esta semana a ferramenta fez sucesso e foi bastante divulgada no twitter. A Smeagol Corporations (huahauhau) foi muito bem recebida pelo Ade Olonoh, fundador do FormSpring, para tentar entender se os brasileiros já estão fazendo barulho por lá… Veja o que rolou:

Bruno Torquato: Olá Ade, saudações brasileiras!! Esta semana no Brasil muitas pessoas começaram a falar sobre o FormSpring.me, criaram novas contas e o serviço foi bastante divulgado na internet, inclusive por fortes formadores de opinião como o Marcelo Tas. Como este movimento foi sentido por você e sua equipe? Foi registrado um aumento significante no tráfego devido a isso ou é apenas reflexo do crescimento do serviço no mundo todo?

Ade Olonoh: Nós acompanhamos o crescimento e estamos olhando de perto desde o lançamento. Como você pode notar o que tem sido dito nos blogs, Twitter, etc., a utilização do serviço tem aumentado de forma surpreendente  a cada dia, desde que lançamos. Com certeza, podemos afirmar que tivemos no Brasil um crescimento incrível da noite para o dia. Atrás dos Estados Unidos, o Brasil já é o segundo maior país em tráfego de informação na ferramenta.

BT: A cultura de nosso país tende a absorver rapidamente novos serviços web, principalmente em redes sociais, como já ocorreu com o Orkut, Facebook e Twitter. Como você acha que o FormSpring.me poderá conquistar seu espaço por aqui e, mais importante, se manter firme e não morrer com o tempo?

AO: Nós acreditamos que a ferramenta terá uma longa vida útil. O serviço acabou de ser lançado (25 de Novembro) e nós temos visto um crescimento interessante, como falado acima. Com o tempo e com o crescimento, a utilização do FormSpring.me irá evoluir tal como outros fenômenos e redes sociais. Embora nós não possamos falar especificamente do mercado brasileiro, pois acabamos de assistir ao nascimento, sentimos que os usuários em geral irão ajudar na evolução do serviço com o tempo e, dependendo da utilização, transformá-lo num sucesso ou não.

BT: Você poderia nos dar alguns dados atualizados sobre os usuários do FormSpring.me no Brasil e no mundo? Quantas perguntas e respostas já foram feitas em português na ferramenta?

AO: Não estamos divulgando os números neste momento, mas podemos dizer que o Brasil já está logo atrás dos Estados Unidos!!

BT: Você sabe o que esse tanto de brasileiro tem perguntado no FormSpring.me? Conta pra nós, já traduziu algumas mensagens pra matar a curiosidade?? E como é essa diferença na utilização do serviço ao redor do mundo? Os assuntos perguntados variam muito?

AO: Nós já vimos sim algumas perguntas e respostas, mas elas têm chegado rápido demais e não dá tempo de acompanhar de perto :-). Apesar de não ser fácil acompanhar todas as mensagens, em geral as perguntas tendem a ser similares em vários países!!

Marcelo Tas, respondendo uma fã

BT: Recentemente o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, visitou nosso país para conhecer nossas pessoas, nossa cultura e entender como o serviço dele poderia ser mais atrativo aos nossos usuários. Você tem planos para visitar nosso país e sentir de perto o calor humano da nossa gente, talvez ajudando a pensar em novas formas de incrementar a ferramenta ou estender os negócios de sua empresa por aqui?

AO: Embora uma viagem para o Brasil pareça uma ideia muito interessante, infelizmente nesse momento eu não tenho planos específicos e imediatos para fazer uma visita. Talvez mais para frente!

BT: Sua empresa já oferece serviços pagos pelo www.FormSpring.com. Como vocês pretendem fazer dinheiro com o FormSpring.me?

AO: Neste momento nosso foco não é ganhar dinheiro com o serviço. Queremos aumentar a utilização e tornar a ferramenta ainda mais divertida e interessante. Temos a sorte de já ter um negócio rentável com o FormSpring.com, o que nos dá espaço para continuar trabalhando no crescimento do FormSpring.me sem precisar de receitas adicionais.

É isso aí povo… Ade Olonoh, fundador do FormSpring, dando o ar de sua graça por aqui, demonstrando suas intenções e já sentindo a força do Brasil!! Valeu!!!

Um grande abraço…

Bruno

Perguntas para mim podem ser feitas em: http://www.formspring.me/brunont

Perguntas pro Ade em: http://www.formspring.me/Ade

Perguntas pro Tas em: http://www.formspring.me/marcelotas

Pode copiar à vontade aí… Se quiser mencionar a fonte, obrigado! ;-)
Agradecimentos especiais ao Marcelo Tas, que leu a entrevista previamente e desejou boa sorte na publicação! Valeu!!
Anúncios

Como criar momentos especiais: Temaki

Olá! No “Como Criar Momentos Especiais” de hoje, daremos um exemplo de um jantar especial, TEMAKI!

A ideia é transformar o nosso dia-a-dia!! VIVER MAIS, CURTIR MAIS!!! Chega de viver de coisas pequenas, bom é transformar as coisas “aparentemente” pequenas em GRANDES MOMENTOS ESPECIAIS! E chega de blá blá blá…

Como Criar Momentos Especiais: TEMAKI

Passo 1) Acorde como sempre, vá ao trabalho como sempre, almoce como sempre, espere chegar o fim do dia como sempre pra voltar pra casa como sempre, dormir e recomeçar tudo outra vez…

Passo 2) Na volta pra casa, lembre-se que VIVER COMO SEMPRE É UMA MERDA!

Passo 3) Tenha uma Maki Temakeria bem no meio do caminho de casa…. Pare lá!!!

maki

Maki Temakeria

Passo 4) Encomende alguns temakis… Mas não more mto longe da Temakeria pros seus temakis não ficarem muxibentos! rs

Passo 5) Vá pra casa e FAÇA DIFERENTE!! Monte seus temakis numa bandeja especial. Prepare aquele shoyu com wasabi que vai ficar ó… show!

Bandeja

Na bandeja

Passo 6) Varie… Monte uma mesa diferente… Faça uma salada! Quem disse que tem que ter regras??

Saladinha...

Passo 7) Se empolgue mermo… Abra um vinho branco… Aliás, põe um espumante no gelo também!!!

Quebra tudo!

Passo 8) Curta e saia da rotina sempre!!!

Um abração,

Bruno

Curta!!!

Curta!!!


Google Wave: Um comentário q não cabe em 140 caracteres

Um comentário de bar, que não coube em 140 caracteres, rs:

Está todo mundo sem saber ao certo do que a ferramenta é capaz… Arrisco dizer q até a Google deve estar com alguns dilemas por não saber ao certo qual a novidade da sua ferramenta…

Mas eles são inteligentes e fazem tudo bem feito… Soltaram uma versão preview pra pouquíssimos usuários. Com isso ela vê pra quê os usuários estão usando a ferramenta e aprende aos poucos com eles… Os Googlers podem descobrir por exemplo que os usuários não se interessam por algumas funcionalidades que eles estão criando… Em contrapartida, podem receber sugestões (em blogs, twitter, site) de funcionalidades q eles não tinham pensado.

A ideia do convite é excelente. A ferramente não está estável, não está 100% funcional… Se todo mundo tiver acesso, MUITA gente vai entrar, vai achar uma porcaria e nunca mais vai querer saber!!! Suja a imagem do Google…

Um dos primeiros convites no Brasil foram distribuídos às pessoas que foram num evento de tecnologia da Google em São Paulo. São pessoas de TI, que se interessam por novidades, que querem ver o crescimento, que aceitam uma versão preview, não são usuários simples e comuns… Aí com o tempo esses receberam alguns convites para enviar a seus amigos. Nessa daí eu recebi um… (Thanks @fernandoalma rs)

Um monte de gente não tem acesso!!! Um monte de gente está querendo acessar… Mesmo que nos blogs, no twitter tenha um monte de gente falando que o Wave ainda não serve pra nada, tem muita gente querendo ver, querendo tocar… Tem vários convites sendo vendidos no ebay por cerca de US$ 10. Alguns chegam a custar US$49,99, mas não sei se serão vendidos de fato.

Eles são inteligentes e espertos… Não duvido que será uma excelente ferramenta!!!!

UPDATE (25/04/2011): Hoje estava relendo este post e dando risada… O Google Wave faliu rapidinho!!! rsrsrs…


Regulamentação das profissões de TI

Ontem saiu mais uma avaliação do Governo sobre a regulamentação das profissões de TI. Ouço essa discussão desde a faculdade, mas nunca fui muito atrás. Depois do bafafá recente sobre a decisão de liberar a profissão de jornalista, acho justo eu ler e me inteirar mais sobre o assunto antes que tomem decisões! Depois que vira lei é mais difícil voltar atrás…

Segue minha avaliação do Projeto de Lei 607/2007, que regulamenta a profissão de analista de sistemas e atividades relacionadas com informática:

Art 2 – Inciso I: Os profissionais formados em Engenharia da Computação não poderão trabalhar legalmente no país?

Art 6 – Parágrafo Único: Os profissionais que fazem trabalhos repetitivos não poderão trabalhar mais que 20hs semanais? Quais os critérios de um trabalho repetitivo? Muitos que trabalham com TI fazem trabalhos repetitivos!

Art 10: “O Conselho Federal de Informática será constituído, inicialmente, de nove membros efetivos e nove suplentes, eleitos em escrutínio secreto, em Assembléia dos delegados” – O texto não fala muito sobre essa Assembléia dos delegados. Será que é mais um ato secreto??? Serão convidados representantes de várias entidades de TI de todo o país para definir isso de forma aberta?

Art 22: “Todo profissional de Informática, para o exercício da profissão, deverá inscrever-se no Conselho Regional de Informática” – Sei que tem várias entidades que criticam essa obrigatoriedade. Ainda não tenho opinião formada!

Art 25: De novo, os engenheiros de computação não poderão nem estagiar!
Ponto de Atenção: Aos que pretendem seguir carreira de estagiário (junior, pleno e senior, rs) será proibido estagiar por mais de dois anos!

Art 26: Você é obrigado a ter o registro no estado(UF) em que você exerce a profissão. O que acontece se eu trabalho numa multinacional em São Paulo e faço trabalhos eventuais em Brasília e no Rio de Janeiro? Preciso estar afiliado às 3 regionais e pagar 3 anuidades? Mesmo se esse “trabalho eventual” durar 8 meses??

Art 28: Todos terão que pagar anuidade, hein! Assim como os conselhos das outras profissões! Se não quer pagar o jeito vai ser virar jornalista! E até 31/março tem desconto, rsrs!

Art 31 – Inciso I: Faltar com ética vai ser infração, hein galera, rsrs!!! Existe algum anexo definindo ética e com exemplos claros ocorridos? Ética e bom senso, cada um tem o seu!

Li sobre o caminho desse projeto de lei no Senado e faço um breve resumo, aos interessados:

23/10/2007: Criação do texto inicial avaliado acima.

05/03/2008: Avaliação da “Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática” (CCTICI) – Achei bem interessante pois dá mais liberdade aos profissionais, não impõe obrigatoriedade do registro para o exercício da profissão e sugere a não-criação dos conselhos regionais e federal de Informática. Parece que ouviu bem a comunidade e a Sociedade Brasileira de Computação (SBC).

19/08/2009: Avaliação da “Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania” (CCJ) – Disse que é inconstitucional criar um órgão público para fiscalizar o exercício da profissão, cobrar taxas, etc., pois a Constituição diz que isso é papel do Presidente da República e do poder executivo.

Comentários

Sem entrar no mérito de qual senador escreveu o que, quais partidos estão envolvidos e sem estudar a fundo os interesses de outros envolvidos, achei toda a documentação muito bem escrita, bem fundamentada e com uma discussão saudável sobre o tema.

Por um lado, o timing dessas decisões no governo é absurdo. Foi definido em 02/jul/2008 que a CCJ faria uma avaliação, que só foi concluída ontem, 19/ago/2009, mais de um ano depois!
Por outro lado, os textos realmente estão bem escritos e dá para ver que foram muito bem trabalhados!

No Senado, ainda falta a avaliação da Comissão de Assuntos Sociais. Depois do Senado, não sei quais os trâmites para virar lei ou não, vamos acompanhar!

Alguns links que utilizei:


Brasília Restaurant Week 2009 – Consolidado

E segue minha avaliação consolidada do Brasília Restaurant Week 2009:

brasiliaRestaurantWeek2009

Todas as avaliações individuais e as regras utilizadas estão neste blog.

Pessoal de São Paulo, aproveitem: São Paulo Restaurant Week – Inverno 2009 com homenagem à Culinária Francesa. De 31 de agosto a 13 de setembro com 202 restaurantes participantes dessa vez! Será que eu consigo pegar um fim de semana em SP também?


Brasília Restaurant Week

Eita, foram muitos restaurantes pra pouco tempo (e falta de prática) pra escrever no blog!

Vou ter que consolidar!

Depois do Bier Fass, do Patuá e do Empório da Mata eu ainda fui em mais 5! Completei 8 restaurantes no I Brasilia Restaurant Week… Adorei, parabéns organização do evento! Parabéns restaurantes participantes. É muito bom pra conhecer novos lugares, principalmente quando vc acaba de chegar na cidade =D

Fiquei sabendo de alguns restaurantes q desistiram do festival no meio da semana. É complicado, o movimento aumenta muito, o público que vai é outro. Donos de restaurantes, pensem bem antes de entrar no evento. Sair no meio pode ser ruim né?

Babel – Nota Final: 2,67 Chefs

Babel

Almocei lá e tivemos “Queijo de coalho grelhado com mel-de-engenho” na entrada, “Escalopes de filé mignon ao molho de manga com maracujá e arroz de castanha-de-caju” no prato principal e “Musse de chocolate com coulis de morango” de sobremesa.

Os pratos não estavam lá grande coisa: O queijo de coalho não estava muito grelhado, parecendo que foi feito às pressas. O prato principal chegou à mesa já frio. A sobremesa que salvou, a mousse estava muito boa! Mas o Babel poderia ter aproveitado melhor sua participação no evento.

Pratos: 2,0

Atendimento: 3,0

Ambiente: 3,0

Bottarga – Nota Final:  4,67 Chefs

bottarga

Fomos muito bem servidos, um atendimento excepcional, num ambiente de primeiríssima qualidade!

O Bottarga soube se apresentar para o Restaurant Week e não deixou a bola cair, mesmo sabendo que o movimento aumenta e que não é o mesmo público do dia-a-dia que frequenta o festival.

Serviram um “Queijo de Coalho com Pesto de Tomate Secos e Saladinha Verde” de entrada que deixou outros queijos de coalho no chinelo! Uma “Fraldinha maturada au poivre com rostie de batata doce e bacon” no ponto exato! Um “Creme Brulée de chocolate branco com maracujá” de sobremesa para fechar com chave de ouro.

Fiquei triste de não poder dar nota máxima só por um motivo: A fraldinha estava muito, mas muito, mas muito au poivre messssmo!!! rs… Infelizmente estava apimentada demais e os 3 da mesa repararam isso! =(

Mas me senti muito bem lá e tenho certeza que o excesso de pimenta foi só uma pequena falha, obrigado Bottarga!

Pratos: 4,0

Atendimento: 5,0

Ambiente: 5,0

Oliver – Nota Final:   2,33 Chefs

O Oliver é um restaurante que fica no Clube de Golfe de Brasília. Muito glamour, muito visual, ambiente muito agradável. Mas é um restaurante e deixa a desejar no principal, seus pratos!

Serviram “Salada Caesar” na entrada, “Risoto de Parma com Aspargos” no prato principal e “Maçã Verde ao Molho Toff com Sorvete de Creme” na sobremesa.

Faltou um padrão nos pratos, cada um da mesa veio de uma forma, uma salada veio sem torradas e uma sobremesa já com o sorvete derretido. Recomendo mais atenção aos gestores de lá!

Pratos: 1,0

Atendimento: 2,0

Ambiente: 4,0

Villa Borguese – Nota Final:  2,33 Chefs

O Villa Borguese serviu um almoço bom! Nem mais, nem menos!

De entrada, “Iscas de abadejo com pirãozinho de camarão”. O prato principal foi “Medalhões de filet mignon com ‘molho fondue de pinhão’ com linguini e ervas”. E a sobremesa “Mousse de tapioca e coco com bananas carameladas e cointreau”.

Não pareciam estar muito bem preparados para o excesso de pessoas ao meio-dia de uma segunda-feira. E os garçons também não estavam muito a fim de atender aquele tanto de gente mudando a rotina deles! Pedimos 3 festivais e 3 bebidas para 3 pessoas! Erraram na conta, colocando um prato extra! Errar é humano, mas nosso garçom dizer “Nem percebi, a conta foi tão pequena que eu nem conferi” é completamente desnecessário.

Villa Borguese, vi que o padrão de vocês é elevado, mas se é para entrar no Restaurant Week façam bem feito! Ou é melhor não entrar! Visitem o Bottarga, o Empório da Mata e o Zuu e desçam do salto alto! Donos, não esqueçam de orientar seus funcionários!

Pratos: 3,0

Atendimento: 1,0

Ambiente: 3,0

Zuu – Nota Final: 4,67 Chefs

zuu

Fechei o Brasília Restaurant Week 2009 com chave de ouro! Conheci o tão falado Zuu e a cozinha da também muito comentada Mara Alcamim.

Seu espaço é diferente, seu atendimento é diferente, seus pratos são diferentes. Existe uma intimidade, uma interação, uma troca. Foi mais que almoçar, foi viver uma experiência nova!

E acho que isso que é curtir uma gastronomia: Sair de casa, rever amigos, experimentar coisas novas, sabores novos, sair do arroz com feijão e provar o doce com o salgado, o quente com o frio, o azedo com o amargo, fechar os olhos e depositar a confiança em alguém que vai preparar algo especial pra você!

O Zuu serviu Salada Mediterrânea (folhas diversas, burrata, tomate, azeite, limão siciliano, manjericão, grana padano, Parma San Danielle e favo de mel), Fettucine Alfredo (com escalope de filé ao molho de ostras e shoyo) e Suflê quente de doce de leite com calda cremosa de queijo, na sobremesa.

Tal como o Bottarga, fiquei triste de não poder dar nota máxima e também entendo o porquê! Mas o Restaurant Week deve ter mexido com a rotina do Zuu e não tivemos aquele atendimento especial que esperamos de um restaurante top! Mas parabéns Mara e equipe… Volto em breve, fora do festival, para comprovar o atendimento de vocês!

Pratos: 5,0

Atendimento: 4,0

Ambiente: 5,0


Brasília Restaurant Week: Empório da Mata

Uma surpresa inacreditável, um lugar excelente, um ambiente super agradável, uma comida perfeita.

Um pouco afastado do Plano Piloto, criando um ar de pegar estrada, sair de Brasília e até pensar em fazer um off-road, rsrs, é possível chegar em um lugar novo, diferente de muitos lugares de Brasília, superior! Na verdade o caminho nem é tão complexo assim e são só 600m de estrada de terra pra se chegar ao Empório da Mata!

Quer ver o que tem de bom?

em1 em2 em3

Entrada

ABOBRINHAS AO PERFUME SILVESTRE
Abobrinhas italianas laminadas, condimentadas com cristais de sal, tomilho e lâminas de alho, refogadas no azeite com azeitonas pretas, fritas em massa de tempura. Servidas sob colchão de rúculas e molho oriental.

Prato principal

FRICASSÊ BAIANO
Peito de frango cozido ao perfume de ervas frescas, desfiado e salteado ao fundo de azeite dendê, alho, cebola, pimenta de cheiro, dedo-de-moça, gengibre, pimentões vermelhos e cheiro verde, regado ao creme de leite fresco e champignons. Servido sob saboroso linguini fresco

Sobremesa

CREMINO DE OVOS EM CROSTA DE AÇÚCAR
Saboroso creme de gema de ovos, leite, creme de leite e baunilha, servido com açúcar cristal maçaricado

A avaliação:

Qualidade dos Pratos:
chefcolorchefcolorchefcolorchefcolorchefcolor

Rápido, sabor marcante, combinação ideal, harmônica, temperatura perfeita.

Qualidade do Atendimento:

chefcolorchefcolorchefcolorchefcolorchefcolor

Atendimento rápido, garçons educados, atenciosos, espertos. O garçom que nos atendeu comentou que é ex-Quitinete e tem um vínculo forte com o pessoal do Zuu e o Universal Diner. Outro nível!

Qualidade do Ambiente:

chefcolorchefcolorchefcolorchefcolorchefcolor

Um espaço super agradável, parece um hotel-fazenda, podia facilmente ter alguns chalés para se passar um bom tempo ali. Infra-estrutura nota 10 para eventos, recepções e grandes festas!

Avaliação Final: 5,00 Chefs ! Sim, Nota máxima!!!!

Para quem quiser conhecer, recomendo muito:

Localização no Google Maps: http://migre.me/4D6C

Vídeo do caminho a partir da Ponte JK: http://migre.me/4D79

Site Oficial : http://www.emporiodamata.com.br

É mais que um restaurante participante do Brasília Restaurant Week, é um lugar que proporcionou ótimos momentos pra mim e minha família no último sábado, dia 01/08! Obrigado pela oportunidade! Estou rasgando elogios porque sinceramente mereceram!

Agora vai ficar mais difícil pros demais concorrentes, quero ver!!!