Arquivo da tag: Real Quality Manifesto

Manifesto por Qualidade REAL no mundo corporativo!!

Acreditamos que o mundo dos negócios pode seguir um caminho mais verdadeiro, mais sincero, mais honesto.

Acreditamos que as empresas possam:

  • Ter uma visão crítica sobre o real valor dos conceitos “do momento” ao invés de somente estampar credenciais.
  • Vender por agregar valor REAL ao invés de somente vender por vender.
  • Primar por processos executáveis ao invés de processos somente apresentáveis.
  • Transformar a Missão, Visão e Valores em atitudes reconhecidas por seus funcionários ao invés de somente pendurar quadros.
  • Valorizar o conteúdo dos produtos gerados ao invés de somente sua capa e sua aparência.

Sabemos do valor das credenciais, da venda e da aparência, mas acreditamos que é hora de subir um nível de maturidade, indo além do que é feito atualmente.

Acreditamos que os funcionários possam:

  • Ser menos acomodados e mais ousados.
  • Arriscar mais, criar mais, inovar mais.
  • Questionar mais quando acham que algo pode ser melhor.
  • Ter o apoio real dos líderes, gerentes e diretores para isso.

Acreditamos que é possível trabalhar com mais qualidade REAL no mundo corporativo!

————————–

Se você concorda, passe pra frente esta ideia!

Um grande abraço,

Bruno


A proposta de um Manifesto!

Há um tempo atrás algo estava me incomodando. Conversei com alguns amigos e dessa conversa surgiu a proposta de criar colaborativamente um manifesto… Acabei criando o http://realqualitymanifesto.wordpress.com/.

Hoje tudo isso continua me incomodando, mas a ideia colaborativa acabou não dando muito certo (apesar de ter alguns fortes apoiadores do movimento).

Então, resolvi postar aqui minha motivação, conforme havia publicado antes no outro site e, em seguida, enviarei o manifesto que criei… Não foi construído da forma que eu imaginava, mas continuo aberto a colaborações e a comentários, críticas e sugestões!!!

Um grande abraço,

Bruno

———————————————————————–

(O texto abaixo foi postado originalmente em 22/set/2009)

Você AMA o que faz? É louco por qualidade? É louco por mudanças? Por fazer diferente?

Às vezes você tem vontade de gritar isso, de levantar da cadeira e sair do lugar comum?

Eu tenho vontade de fazer diferente… Às vezes tenho vontade de chacoalhar as pessoas e as empresas!!! Para todos terem liberdade de FAZER BEM FEITO, questionar, pensar além do além, não negligenciar, se envolver a fundo. Para os funcionários entenderem as reais necessidades do negócio, saber que aquele pedacinho de trabalho que ele faz no dia-a-dia faz parte de algo muito maior! Para que esses funcionários possam encontrar uma empresa que valorize DE FATO esta atitude, que apóie, que reconheça. Para que as empresas promovam e estimulem essa postura em seus funcionários, que divulguem amplamente o que pensam, e mais do que isso, que FAÇAM REALMENTE o que dizem que fazem.

Utópico?

Eu poderia escrever um texto num blog dizendo tudo que penso e como eu gostaria que o mundo fosse, rsrsrs… Mas quero mais… Proponho uma Construção Colaborativa de um Manifesto. Juntar algumas pessoas que também pensam assim e que gostariam de fazer diferente e criar…

…uma declaração pública de princípios e intenções, que objetiva alertar um problema que está ocorrendo (Wikipedia)

O texto não seria longo. Seria uma manifestação pública de nossos ideais, resumidos em poucas linhas. Seria para os negócios o que o Manifesto Ágil é para a área de desenvolvimento de sistemas http://agilemanifesto.org Que tal?

Você topa?? Só pra começar, deixe um comentário então… O que você pensa sobre o assunto? O que te incomoda? O que te move? Se quiser deixe seu e-mail, seu telefone, seu grito, seu xingamento, o que for… Se gostar da ideia, divulgue, escreva no twitter, no seu blog, conte em casa, mas manifeste-se… ;-D

Um grande abraço,

Bruno Neri Torquato – brunont@gmail.com

Nota: Se este texto não estiver com qualidade suficiente, por favor, me deixe uma mensagem, mande um sinal!! Errar é humano e sou a favor que as empresas e os funcionários arrisquem e, às vezes, errem… Mas assumam seus erros, aprendam e evoluam!!

Nota 2: O manifesto não precisa ter esse nome nem esse formato, tudo pode ser discutido! Ele pode nem existir de fato! Depende de nós…

Nota 3: Já existe um manifesto parecido pronto? Me manda, please!!

Links para se inspirar: